quarta-feira, 29 de abril de 2015

O Cão Raivoso



Um cachorro costumava atacar sorrateiramente e morder os calcanhares de quem encontrasse pela frente.
Seu dono então, pendurou um sino em seu pescoço pois assim ele alertava as pessoas de sua presença onde quer que estivesse.
O cachorro cresceu orgulhoso e, vaidoso do seu sino, caminhava tilintando-o pela rua.
Um velho cão de caça então lhe disse:
- Por quê você se exibe tanto? Este sino que carrega não é, acredite, nenhuma honra ao mérito, mas ao contrário, uma marca de desonra, um aviso público para que todas as pessoas o evitem por ser perigoso.


Engana-se quem pensa que notoriedade é fama.


segunda-feira, 27 de abril de 2015

O Caracol Invejoso


O caracolzinho sentia-se muito infeliz. Via que quase todos os animais eram mais ágeis do que ele. Uns brincavam, outros saltavam. E ele aborrecia-se debaixo do peso de sua carapaça!
- Vê-se que meu destino é ir devagarinho, sofrendo todos os males! dizia ele, bastante frustrado.
Seus amigos e familiares tentavam consolá-lo, mas nada conseguiam.
- Caracolino, pense que, se a Natureza lhe deu essa carapaça, para alguma coisa foi, disse-lhe a tartaruga, que se encontrava em situação semelhante à dele.
- Sim, claro, para alguma coisa será! Pode explicar-me a razão? perguntava Caracolino, ainda mais chateado por receber tantos conselhos.
Caracolino tornou-se tão insuportável por suas reclamações, que todos o abandonaram. E ele continuava com sua carapaça às costas, cada vez mais pesada para o seu gosto.
Um dia, desabou uma tempestade. Choveu durante muitos dias. Parecia um dilúvio! As águas subiram, inundando tudo. Muitos dos animaizinhos que ele invejara, encontravam-se agora em grandes dificuldades. Caracolino, porém, encontrou um refúgio seguro. Dentro de sua carapaça estava totalmente protegido!
Desde então, compreendeu a utilidade de sua lenta e pesada carapaça. Deixou de protestar, tornando-se um animalzinho simpático e querido por todos.


sábado, 25 de abril de 2015

Só você

Hoje compartilho com você minha música predileta.


Só você



Demorei muito pra te encontrar
Agora quero só você
Teu jeito todo especial de ser
Fico louco com você...
                                   
Te abraço e sinto coisas que eu não sei dizer
Só sinto com você
Meu pensamento voa de encontro ao teu
Será que é sonho meu?
                            
Tava cansado de me preocupar
Quantas vezes eu dancei
E tantas vezes que eu só fiquei
chorei, chorei...
  
Agora eu quero ir fundo lá na emoção
Mexer teu coração...
Salta comigo alto e todo mundo vê
Que eu quero só você...

Eu quero, só você...
só você...                   
                                                    
        
Te abraço e sinto coisas que eu não sei dizer
Só sinto com você...
Meu pensamento voa de encontro ao teu
Será que é sonho meu?

Tava cansado de me preocupar
Tantas vezes eu dancei...
E tantas vezes que eu só fiquei...
Chorei, chorei...

Agora eu quero ir fundo lá na emoção
mexer teu coração...

Salta comigo alto
Todo mundo vê
Que eu quero só você...

Agora eu quero ir fundo lá na emoção
mexer teu coração...

Salta comigo alto
Todo mundo vê
Que eu quero só você...
só você...eu quero só você...
só você... eu quero só você...
só você... eu quero só você...
só você...


sexta-feira, 24 de abril de 2015

A Galinha ruiva



A Galinha Ruiva


Um dia uma galinha ruiva encontrou um grão de trigo.
- Quem me ajuda a plantar este trigo? - perguntou aos seus amigos.
- Eu não - disse o cão.
- Eu não - disse o gato.
- Eu não - disse o porquinho.
- Eu não - disse o peru.
- Então eu planto sozinha - disse a galinha. - Cocoricó!
E foi isso mesmo que ela fez. Logo o trigo começou a brotar e as folhinhas, bem verdinhas, a despontar. O sol brilhou, a chuva caiu e o trigo cresceu e cresceu, até ficar bem alto e maduro.
- Quem me ajuda a colher o trigo? - perguntou a galinha aos seus amigos.
- Eu não - disse o cão.
- Eu não - disse o gato.
- Eu não - disse o porquinho.
- Eu não - disse o peru.
- Então eu colho sozinha - disse a galinha. - Cocoricó!
E foi isso mesmo que ela fez.
- Quem me ajuda a debulhar o trigo? - perguntou a galinha aos seus amigos.
- Eu não - disse o cão.
- Eu não - disse o gato.
- Eu não - disse o porquinho.
- Eu não - disse o peru.
- Então eu debulho sozinha - disse a galinha. - Cocoricó!
E foi isso mesmo que ela fez.
- Quem me ajuda a levar o trigo ao moinho? - perguntou a galinha aos seus amigos.
- Eu não - disse o cão.
- Eu não - disse o gato.
- Eu não - disse o porquinho.
- Eu não - disse o peru.
- Então eu levo sozinha - disse a galinha. - Cocoricó!
E foi isso mesmo que ela fez. Quando, mais tarde, voltou com a farinha, perguntou:
- Quem me ajuda a assar essa farinha?
- Eu não - disse o cão.
- Eu não - disse o gato.
- Eu não - disse o porquinho.
- Eu não - disse o peru.
- Então eu asso sozinha - disse a galinha. - Cocoricó!
A galinha ruiva assou a farinha e com ela fez um lindo pão.
- Quem quer comer esse pão? - perguntou a galinha.
- Eu quero - disse o cão.
- Eu quero - disse o gato.
- Eu quero - disse o porquinho.
- Eu quero - disse o peru.
- Isso é que não! Sou eu quem vai comer esse pão! - disse a galinha. - Cocoricó.
E foi isso mesmo que ela fez.

Se queremos dividir a recompensa, devemos partilhar o trabalho.

Do livro: O livro das Virtudes para Crianças


quinta-feira, 23 de abril de 2015

A Coelhinha das Orelhas Grandes


Aquela coelhinha era tão branca como as outras. Mas havia nela alguma coisa que a tornava diferente das demais; o seu entusiasmo pelas próprias orelhas. Acreditava que eram as maiores e mais bonitas de toda a região.
- Ah, como me sinto bem com essas belíssimas orelhas! exclamou, um belo dia à porta de sua toca. São tão grandes e tão belas!
As outras coelhas e seus respectivos maridos admitiam que eram orelhas muito bonitas; mas nada mais. Por que ela era assim tão vaidosa?
- A vida não depende de nossas orelhas, mas sim de nossas patas. Quanto mais ágeis e robustas forem, melhor para nós, costumavam dizer-lhes suas companheiras.
Mas a coelhinha não se convencia. Cada vez mais vaidosa, passava os dias a experimentar novos penteados que estivessem de acordo com suas esplêndidas orelhas. Não vivia para outra coisa.
Um belo dia, porém, a Natureza pôs as coisas no seu devido lugar. O lobo encontrou sua despensa vazia e, como tinha fome, decidiu sair para caçar. Como os outros animais de sua espécie, sentia uma atração especial por coelhos. Assim que os coelhos daquela região viram a sombra do lobo desataram a correr. Mas a coelhinha, ignorando o perigo que se avizinhava e ensaiando penteado após penteado, quase não se deu conta da presença do lobo.
Felizmente, apercebeu-se no último instante e fugiu a toda velocidade em direção à água do rio mais próximo. Desesperada, atirou-se para dentro dele e, milagre dos milagres, suas orelhas grandes e largas serviram-lhe para manter-se flutuando. Com elas, a coelhinha remou até estar fora do alcance do lobo.

Que grande susto! Ela reconsiderou suas atitudes e prometeu que, dali em diante, prestaria menos atenção às suas orelhas e mais ao que se passasse à sua volta.


quarta-feira, 22 de abril de 2015

Dewey e a Escola Progressista



             O filósofo John Dewey (1859-1952), tornou-se um dos maiores pedagogos americanos, contribuindo intensamente para a divulgação dos princípios do que se chamou de Escola Nova. Entre outras, escreveu, Meu credo Pedagógico, A escola e a criança, Democracia e educação.
            Estudou nas Universidades de Vermont e Johns Hopkins, recebeu nessa última, em 1884, o grau de doutor em filosofia. Ensinou na universidade de Chicago, aonde veio a ser chefe do departamento de filosofia, psicologia e pedagogia, e onde, por sugestão sua, se agruparam essas três disciplinas em um só departamento. Ainda em Chicago fundou uma escola experimental, na qual foram aplicadas algumas das suas mais importantes idéias: a da relação da vida com a sociedade, dos meios com os fins e da teoria com a prática. 
            Em 1904 assumiu a direção do Departamento de Filosofia da Universidade de Colúmbia, em New York, na qual permaneceu até retirar-se do Ensino. A partir de primeira guerra mundial interessou-se pelos problemas políticos e sociais. Deu cursos de filosofia e educação na universidade de Pequim em 1919 e em 1931; elaborou um projeto de reforma educacional para a Turquia, em 1924; visitou o México, o Japão e a U.R.S.S., estudando os problemas da educação nesses países. Ao falecer, em 1952, com 92 anos de idade, Dewey deixou extensa obra na qual se destacam: 
Psychology (1887; Psicologia); My pedagogic creed (1897, Meu Credo Pedagógico); Psychology and Pedagogic method (1899; Psicologia e Método Pedagógico); The School and Society (1899; A Escola e a Sociedade); How we think (1910; Como pensamos); Democracy and education (1916; Democracia e educação; Reconstrucion in philosophy (1920; Reconstrução na filosofia); Human nature and conduct (1922 Natureza humana e conduta); Philosophy and civilization (1931 Filosofia e civilização); Art as experience (1934; A arte como experiência); Logic, the teory of inquiry (1938; Lógica, a teoria da investigação); Freedom and culture (1939; Liberdade e cultura); Problems of men (1946; Problemas dos homens.
            Dewey não aceita  a educação pela instrução proposta por Herbart, propondo a educação pela ação; critica severamente a educação tradicional, principalmente no que se refere a ênfase dada ao intelectualismo e a memorização.
            Para Dewey, o conhecimento é uma atividade dirigida que não tem um fim em si mesmo, mas está dirigido para a experiência. As idéias são hipóteses de ação e são verdadeiras quando funcionam como orientadoras dessa ação.
            A educação tem como finalidade   propiciar à criança condições para que resolva por si própria os seus problemas, e não as tradicionais idéias de formar a criança de acordo com modelos prévios, ou mesmo orientá-la para um porvir.
            Tendo o conceito de experiência como fator central de seus pressupostos, chega à conclusão de que a escola não pode ser uma preparação para a vida, mas sim, a própria vida. Assim, para ele, vida-experiência e aprendizagem estão unidas, de tal forma que a função da escola encontra-se em possibilitar uma reconstrução permanente feita pela criança da experiência.
              A educação progressiva está no crescimento constante da vida, na medida em que o conteúdo da experiência vai sendo aumentado, assim como o controle que podemos exercer sobre ela.
              É importante que o educador descubra os verdadeiros interesses da criança, para apoiar-se nesses interesses, pois para ele, esforço e disciplina, são produtos do interesse e somente com base nesses interesses a experiência adquiriria um verdadeiro valor educativo.
              Atribui grande valor às atividades manuais, pois apresentam situações problemas concretas para serem resolvidas, considerando ainda, que o trabalho desenvolve o espírito de comunidade, e a divisão das tarefas entre os participantes, estimula a cooperação e a conseqüente criação de um espírito social. Dewey concebe que o espírito de iniciativa e independência levam à autonomia e ao autogoverno, que são virtudes de uma sociedade realmente democrática, em oposição ao ensino tradicional que valoriza a obediência.
            A Educação, para ele, é uma necessidade social, os indivíduos precisam ser educados para que se assegure a continuidade social, transmitindo suas crenças, ideias e conhecimentos. Ele não defende o ensino profissionalizante mas vê a escola voltada aos reais interesses dos alunos, valorizando sua curiosidade natural.
            De acordo com os ideais da democracia, Dewey, vê na escola o instrumento ideal para estender a todos os indivíduos os seus benefícios, tendo a educação uma função democratizadora de igualar as oportunidades. Advém dessa concepção o "otimismo pedagógico" da escola nova, tão criticado pelos teóricos das correntes crítico-reprodutivistas.

     O processo de ensino- aprendizagem para Dewey estaria baseado em:

-Uma compreensão de que o saber é constituído por conhecimentos e vivências que se entrelaçam de forma dinâmica, distante da previsibilidade das ideias anteriores;
-Alunos e professor detentores de experiências próprias, que são aproveitadas no processo. O professor possui uma visão sintética dos conteúdos, os alunos uma visão sincrética, o que torna a experiência um  ponto central na formação do conhecimento, mais do que os conteúdos formais;

-Uma aprendizagem essencialmente coletiva, assim como é coletiva a produção do conhecimento.
            O conceito central do pensamento de Dewey é a experiência, a qual consiste, por um lado, em experimentar e, por outro, em provar. Com base nas experiências que prova, a experiência educativa torna-se para a criança num ato de constante reconstrução.
            A pedagogia de Dewey apresenta muitos aspectos inovadores, distinguindo-se especialmente pela oposição à escola tradicional. Mas, não questiona a sociedade e seus valores como estão propostos no seu tempo; sua teoria representa plenamente os ideais liberais, sem se contrapor aos valores burgueses, acabando por reforçar a adaptação do aluno à sociedade. 

segunda-feira, 20 de abril de 2015

As árvores e o machado



Leitoras estou postando mas uma fábula para acalentar nossos corações ansiosos de amor e carinho.


Um lenhador foi até a floresta pedir às árvores que lhe dessem um cabo para seu machado. As árvores acharam que não custava nada atender ao pedido do lenhador e na mesma hora resolveram fazer o que ele queria. Ficou decidido que o freixo, que era uma árvore comum e modesta, daria o que era necessário. Mas, assim que recebeu o que tinha pedido, o lenhador começou a atacar com seu machado tudo o que encontrava pela frente na floresta, derrubando as mais belas árvores. O carvalho, que só se deu conta da tragédia quando já era tarde demais para fazer alguma coisa, cochichou para o cedro:
- Foi um erro atender ao primeiro pedido que ele fez. Por que fomos sacrificar nosso humilde vizinho? Se não tivéssemos feito isso, quem sabe viveríamos muitos e muitos anos!


Moral: Quem trai os amigos pode estar cavando a própria cova.

sábado, 18 de abril de 2015

Poesia e literatura com ares de cultura afro-brasileira.

  
     Os autores Lasana Lukata e e Antonio Niddan vão falar sobre suas obras e o processo de pesquisa de outras culturas na literatura.
Lasana Lukata é escritor e poeta. Participou da Oficina Literária ministrada pelo poeta Ferreira Gullar na UERJ com a Antologia Poética “Próximas Palavras”, em 2003, e da  Feira de Leitura Interativa de Mesquita. Cursou Literaturas Portuguesa e Africanas de Língua Portuguesa na UFRJ. É autor dos livros Meu Cartão Vermelho & outras crônicas, Caçada ao Madrastio, Exercício de Garça, Separação de Sílabas, Virtualbooks, Homem ao Mar e Setênfluo.
Antonio Niddan  graduou-se em Jornalismo e em Letras: Português-Literatura. Obteve o título de Mestre em Ciência da Literatura – Poética, pela UFRJ, com a dissertação A Cor Natural do Desamor, um estudo sobre a poesia do compositor Djavan. Atualmente é docente da SEE-RJ e da Faculdade Gama e Souza. Sabão de Coco é sua primeira publicação e contém referências à cultura afro-brasileira, incorporada não só em seus personagens, mas também nos acontecimentos do dia a dia.
Conversa com o Autor é uma parceria da Casa da Leitura da Fundação Biblioteca Nacional com as rádios da EBC - Empresa Brasil de Comunicação. A gravação do programa de rádio acontece no auditório da Casa, com a mediação da jornalista Katy Navarro. O programa vai ao ar aos sábados na Rádio MEC AM e o  link fica disponível no portal da EBC. A entrada é livre para quem quiser acompanhar a gravação.

27/4/2015

segunda, das 15h às 16h.

Distribuição do Passaporte dos Museus Cariocas

A partir de 15 de abril de 2015

A nova leva de Passaportes dos Museus Cariocas no MAR será distribuída em três lotes. Serão disponibilizados 800 passaportes no sábado, 800 no domingo e 800 na terça-feira. Cada pessoa poderá retirar um passaporte.
A gratuidade no MAR para os portadores do Passaporte será aos domingos de 2015. Cada Passaporte pode receber apenas um carimbo do MAR. Ou seja, cada passaporte dá direito a um ingresso gratuito para visitar o MAR no domingo.  Ao solicitar a gratuidade com o Passaporte, o visitante deve estar com o Passaporte preenchido (Nome, RG e E-mail).
O Passaporte dos Museus Cariocas é uma iniciativa do Instituto Brasileiro de Museus e a Prefeitura do Rio, por meio do Comitê Rio450. Com o passaporte, a população poderá visitar gratuitamente 43 dos mais importantes museus e centro culturais da Cidade em dias específicos.
Além de integrar as instituições envolvidas, o Passaporte dos Museus Cariocas cria uma dinâmica lúdica e atraente para estimular a visitação. A exemplo do documento de identificação internacional, o passaporte será carimbado a cada museu ou centro cultural visitado, no espaço reservado à instituição.
No Passaporte dos Museus Cariocas, o público encontra a lista completa das 43 instituições participantes e os dias da semana em que cada uma poderá ser visitada gratuitamente. Válido ao longo do ano do jubileu de 450 anos, o passaporte “expira” no último dia de 2015. O calendário comemorativo dos 450 anos prossegue até março de 2016.

Os Passaportes também estão disponíveis gratuitamente nos seguintes pontos:

Centro Cultural Banco do Brasil
Museu Aeroespacial
Museu da República

Museu Nacional de Belas Artes

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Tempo é um recurso não reciclável



Pesquisando na net achei este artigo bem interessante e quero dividi-lo com vocês meus leitores.

Se tem uma coisa que todo mundo faz de vez em quando é esperar: filas, elevadores, consultórios, cabeleireiros, às vezes até oficinas mecânicas.
Em alguns casos há coisas interessantes para se fazer: uma revista, uma boa conversa, uma televisão. Mas o que fazer quando não há nada assim tão interessante, ou o que tem não nos interessa? O que poderia ser melhor do que ficar impaciente, que pouco adianta?
Como o tempo não é um recurso reciclável, comecei então a pensar em coisas para se fazer nos momentos de espera, para transformar um tempo morto em tempo útil.
Detalhe: esta matéria foi concebida no conforto do sofá de uma oficina!

Veja a seguir a minha lista, que, é claro, não se esgota nessas alternativas, existem muitas mais. E na maioria das vezes você só vai precisar de uma.

1) Leitura - Ande com um livro de que goste e aproveite a espera para lê-lo. Outra boa alternativa é imprimir matérias do site Possibilidades!

2) Para quem digita muito - Fazer exercícios com os braços e mãos para prevenir lesões. Dois me foram ensinados por um ortopedista. O primeiro consiste em levantar os braços até a horizontal e fechar as mãos com força, contando até 10. O outro, também com os braços na horizontal, é manter as mãos abertas e forçá-las para cima, contando até 10.

3) Relaxar na postura – Simplesmente relaxar o que for possível, na posição em que estiver. Para aperfeiçoar a técnica, você pode segmentar: em um momento, concentra-se na cabeça (testa, boca, língua, pescoço), em outro, na parte inferior do corpo, em outro ainda, nos braços e mãos.

4) Relaxar em geral – Escolha uma parte do corpo, tensione-a e vá soltando os músculos devagar.

5) Alongamento de braços – Encaixe o quadril, leve os braços para trás, entrelace as mãos e estique os braços. Se estiver bom, fique algum tempo usufruindo, entregue-se.

6) Exercícios variados – há muitos outros tipos de exercícios que podem ser feitos. Por exemplo, para o pescoço, para os olhos e até de exercícios para melhorar o desempenho sexual já ouvi falar.

7) Avançar na resolução de algum problema I – Se estiver com algo para resolver, pode usar o tempo para buscar alternativas, estratégias de ação e avaliá-las.

8) Prática de quebrar o gelo – Se tiver alguém próximo, você pode perguntar-se como faria para rapidamente quebrar o gelo e iniciar uma conversa amigável. Muitas pessoas aparentemente sérias estão apenas caladas, basta um estímulo para se soltarem. O estímulo pode ser uma pergunta (quem ignora uma?), um cumprimento, um comentário sobre o tempo, o cachorro, o prédio, o que houver por perto. O mais importante aqui é a atitude de busca por algo a comentar; quem procura, acaba achando!

9) Avançar na resolução de algum problema II – Que tal virar-se para alguém próximo e perguntar para a pessoa se ela poderia dar sua opinião sobre uma situação? Outras pessoas costumam ver sob outros pontos de vista distintos dos nossos e podem dar boas idéias. E quem não gosta de ajudar quem precisa?

10) Exercício de percepção: sensações – Se estiver com alguma dor, fome ao algum desconforto, tente prestar atenção às sensações físicas do momento: localização, abrangência, intensidade, tipos (sensações às vezes são combinações de duas ou mais, percebidas como uma só, como quando encostamos um dedo no outro). Por exemplo, “dor de cabeça” se transforma em uma “dor na cabeça”, e pode ficar mais suportável (se não ficar, pare!).

11) Exercício de percepção: foco – Exercite a capacidade de manter o foco fixando a atenção em algo. Um boa alternativa é observar as pessoas ao redor, com um foco bem específico: só olhos, só bocas, só narizes, só formatos de rostos. Experimente e veja se como eu também acha interessante.

12) Melhorar a respiração - Às vezes nossa respiração não é lá tão boa, podendo ser afetada até por emoções; aproveite o tempo para nutrir-se melhor desse recurso vital que é o oxigênio. Aprofunde e torne mais lenta a respiração, usando o abdômen (a respiração dos iogues, dos bebês e dos cantores, entre outros).

13) Exercício de percepção: o que não é – Fique algum tempo olhando um espaço negativo. Quando faço isso em árvores, e após algum tempo de concentração, vejo dois halos em volta delas, um mais amplo e outro mais estreito e brilhante, bem junto aos galhos. Esta técnica é usada por desenhistas e em geral pode ser usada para enriquecermos a percepção do que não é, em vez de somente coisas e objetos.


Virgílio Vasconcelos Vilela


Fonte:http://www.possibilidades.com.br/cotidiano/coisas_para_esperas.asp

quinta-feira, 16 de abril de 2015

BOOK CROSSING BLOGUEIRO


Começa hoje a 10° edição do Book Crossing Blogueiro. Qualquer um pode participar, independentemente  de  ter ou  não  um  blog: basta escolher um  livro e deixá-lo em  algum lugar de muito movimento para  que ele seja  encontrado por  outra  pessoa.

Como  é  feita  a adesão ao movimento:

1. Escolha um livro.
2. Coloque dentro um  bilhete com a  explicação de que  o  objeto não está  perdido  e convidando  quem o encontrou a  lê-lo e  passá-lo adiante.
3. Deixe-o  em  um lugar  público.
4.  Se  você tiver  um blog,  escreva  um artigo contando como   foi sua  experiência.
5. Se  você   não tem um blog, mas  está  nas  redes sociais, divulgue.
6. Se  você   não tem blog, nem  conta  nas  redes sociais, participe assim  mesmo; ou apenas  divulgue a ação entre  seus  amigos.

Você pode também acessar o site para saber quais os pontos do BookCrossing Blogueiro: http://www.bookcrossing.com.br/pontos-de-bookcrossing/, mas neste caso diferentemente você deve se cadastrar.


PONTOS DE BOOKCROSSING são espaços abertos ao público, como cafés, lojas, restaurantes, bibliotecas, escolhidos pelos usuários do movimento para libertarem livros com a autorização do estabelecimento. Estes locais possuem uma prateleira ou uma estante especialmente para o BookCrossing e se encontram identificados com cartazes e adesivos.

São lugares mais seguros para os livros, já que funcionários e pessoas que circulam por ali tem familiaridade com o movimento e os exemplares não correm o risco de se perder ou ficarem guardados.


O primeiro Ponto de BookCrossing no Brasil foi criado em São Paulo, em outubro de 2007. De lá para cá, surgiram outros espaços em diversos Estados do Brasil.

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Frases que entraram para a história.

    Copilei algumas frases de autores célebres e desconhecidos do mundo. Espero que seja enriquecedor para vocês.


 ''O amor é o segundo sol da natureza ''. George Chapman

 ''O amor é como a medicina, somente a arte de ajudar a natureza ''. Pierre Choderlos de Laclos

 ''Amar é aprender a servir! '' Anônimo

 ''Amar é mudar a alma de casa ''. Mario Quintana

 ''Amor é mistério sem fim: não existe o que explique ''. Rabindranath Tagore

 ''O que é o amor? A estrela da manhã, a estrela da noite ''. Sinclair Lewis

 ''O amor é a alegria dos bons, a reflexão dos sábios, o assombro dos deuses ''. Platão

 ''O amor é o chão da liberdade. O instinto é memória imemorial, lampejo platônico de um conhecimento que se enraíza no começo dos tempos e do mundo ''. Hélio Pellegrino 

''Amor é a preocupação ativa com a vida e com a evolução daquilo que amamos ''. Anônimo 

''O amor é um fogo que arde sem se ver''. Luiz Vaz de Camões 

''O amor é a condição da própria vida. Paulo Menotti del Picchia

 ''O amor é a primeira condição da felicidade do homem ''. Camilo Castelo Branco

 ''A primeira vez que te vi não tive intenção de me apaixonar, foi mera distração. Hoje agradeço ser tão distraído. Sou louco por você ''. Anônimo 

''O nosso encontro pertenceu ao reino do encantamento, mostrando que a filosofia é uma linha melódica, tão poderosa, que produziu em nós um acorde, digo, ou melhor, repito - um acordo: o dos amantes do corpo expressivo, que só oferecem, um ao outro, o amor ''. Claudio Ulpiano

 ''A felicidade é uma palavra de dez letras. A minha resume-se em quatro: você ''. Anônimo 

''Sou doido por uma doida que é doida por mim ''. Legenda de caminhão

''Repousaremos do amor como duas feras inusitadas. Nas elevadas relvas por trás deste mundo ''. Else Lasker- Shüler 

''E nunca chegamos ao fim da taça, por mais que a esvaziemos. Agora sei que isso é amor ''. J. G. de Araújo Jorge 

''Se eu tivesse que escolher entre você e um sorriso, ficaria com você, pois sem você jamais conseguiria sorrir ''. Anônimo

 ''Essa mistura rara de ver numa mulher ao mesmo tempo, a amante, a companheira, a amiga, a confidente... Você me passou isso desde o primeiro momento ''. Manoel Carlos (Atílio)

 ''Aonde os olhos vão com prazer, o coração também vai e os pés não demoram a segui-los ''. Carlo Dossi

 ''Palavras podem não dizer o que o coração sente, mas fazem sentir o que o coração diz. Anônimo Já amei uma vez. E sei que foi grande o meu amor. Por isso posso garantir que o meu amor por você é ainda maior do que aquele que tive ''. Manoel Carlos (Atílio) 

''Nunca se esqueça de me lembrar, nunca se lembre de me esquecer ''. Adágio Popular

 ''Nas curvas do teu corpo eu freei meu coração ''. Legenda de caminhão

 ''As tuas palavras são doces, mas, mais doce foi o beijo que roubei dos teus lábios ''. Heinrich Heine

''À distância nos separa, mas o pensamento nos une ''. Anônimo

 ''Tens de ter certeza de que o meu amor por ti é coisa profunda, grande, definitiva, acima de brigas, de caprichos, de idades, de literatura ''. João Guimarães Rosa 

''Quanto mais longa a explicação, maior a mentira ''. Provérbio Chinês

 ''Mais sábio é quem sabe uma só verdade do que quem sabe um milhão de mentiras ''. M. Tamojo T. Baus 

''A mentira tem pernas curtas ''. Adágio Popular

 ''Uma palavra torna a próxima possível. E, mesmo que tudo seja verdade, as maneiras com que a verdade se desdobra numa história podem ser tão insidiosas como as mentiras ''. Max Isaac Apple

 ''A mentira tem vida curta, mas a verdade dura para sempre ''. Pv 12:19 Rei Salomão

 ''A verdade que você fala não tem passado nem futuro. É e é tudo que precisa ser ''. Richard Bach

 ''As mais cruéis mentiras muitas vezes são ditas em silêncio ''. Robert Louis Stevenson 

''Toda mentira é uma verdade que não soube encontrar a sua ocasião ''. Raul de Leoni 

''Dizer a verdade é tão difícil quanto ocultá-la ''. Baltasar Gracián

 ''A mentira é uma verdade que esqueceu de acontecer ''. Mario Quintana

 ''No íntimo do homem reside a verdade ''. Santo Agostinho

 ''Quem esconde a verdade causa problemas, mas quem critica com franqueza trabalha pela paz ''. Pv 10:10 Rei Salomão

 ''O maior castigo para o mentiroso é não ser acreditado, nem quando fala a verdade ''. Aristóteles

 ''A verdade é sempre excitante. Fale a verdade então. A vida é chata sem ela ''. Pearl S. Buck 

''Com mentiras você pode seguir sua vida, mas não poderá nunca virar-se para trás. Provérbio Russo Mais depressa se pega um mentiroso do que um coxo ''. Adágio Popular 

''Se você não acha a verdade exatamente onde está, onde mais espera achá-la? '' Dogen

 ''A verdade, indestrutível, tem o poder de avolumar-se contra o orgulho e a arrogância e depois varrê-los de seu caminho ''. Mark Helprin 

''O menor desvio inicial da verdade é multiplicado mais tarde mil vezes ''. Aristóteles

 ''As conseqüências interiores e exteriores até da mínima mentira são de modo geral mais danosas do que todas aquelas pequenas coisas desagradáveis que resultam de uma verdade dita diretamente ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''Nós mentimos aos outros com tanta freqüência que nos acostumamos, e começamos a mentir a nós mesmos ''. Duque de La Rochefoucauld (François Poitou) 


''As palavras podem unir as pessoas. Portanto, tente falar de forma muito clara, e dizer somente a verdade, pois nada pode unir tanto as pessoas quanto a verdade e a simplicidade ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''A verdade raramente nasce sem as dores do parto ''. Armando Oscar Cavanha 

''O mentiroso faz dois esforços: mentir e sustentar a mentira ''. Júlio Camargo 

''Nada o deixa mais aberto à carga de exagero do que a verdade nua e crua ''. Joseph Conrad

 ''Saber e não fazer... Ainda não é saber ''. Provérbio Zen 

''Assim como o favo de mel é doce na sua língua, assim também a verdadeira sabedoria é boa para a sua alma. Se você a conseguir, terá um bom futuro e não perderá a esperança ''. Pv 24:13,14 Rei Salomão 

''Com o meu conhecimento posso escrever um livro e com o que desconheço pode-se escrever uma biblioteca ''. Anônimo 

''A inteligência sem amor e o amor sem inteligência nada trazem ao homem ''. Aldous Huxley 

''O primeiro dever da inteligência é desconfiar dela mesma ''. Albert Einstein

 ''Sábio não é o homem que fornece as verdadeiras respostas; é o que formula as verdadeiras perguntas ''. Claude Lévi-Strauss 

''Não existe verdadeira inteligência sem bondade ''. Ludwig van Beethoven

 ''Há uma grande e profunda inteligência em tentar ser bom ''. Elsie Dubugras

 ''Ser intelectual cria apenas perguntas, não respostas. Tudo o que realmente interessa são os sentimentos ''. Janis Joplin 

''O sábio que não diz o que sabe é como a nuvem que passa e não traz chuva ''. Provérbio Árabe 

''Todo o meu saber consiste em saber que nada sei ''. Sócrates

 ''É mais fácil julgar a inteligência de um homem pelas perguntas que faz do que pelas respostas que dá ''. F.G. Levis 

 ''Compre a verdade, a sabedoria, a instrução e o bom senso, mas não venda nenhum deles ''. Pv 23:23 Rei Salomão 

''A chave da sabedoria é saber as perguntas certas ''. John A. Simone Jr.

 ''Inteligência é rapidez em aprender, distintamente da habilidade, que é a capacidade de agir sabiamente sobre o que foi aprendido''. Alfred North Whitehead

 ''A essência da sabedoria está no sabor de saber, que não só sacia, como tempera divinamente ''. Alessandro Martinêz 

''O moral e o intelectual estão sempre em harmonia ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''Na meditação, na fala, na vida, no estudo, jamais me esqueço da coisa mais importante: as exigências do intelecto ''. Buddha (Siddharta Gautama)

 ''O sábio sempre encontra apoio para si em tudo, porque seu dom reside em obter a bondade de tudo ''. John Ruskin 

''Conhecimento sem transformação não é Sabedoria ''. Paulo Coelho 

''Nada é pequeno demais para conhecer e grande demais para ser experimentado ''. William Van Horne

 ''Os indivíduos morrem, porém a sabedoria que conquistaram ao longo de suas vidas não. A humanidade guarda toda a sua sabedoria, e cada um faz uso da sabedoria daqueles que o precederam ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi

 ''Pode-se alcançar a sabedoria por três caminhos. O primeiro caminho é o da meditação, que é o mais nobre. O segundo é o da imitação, que é o mais fácil e o menos satisfatório. Em terceiro lugar, existe o caminho da experiência, que é o mais difícil ''. Confúcio (Kung-Fu-Tse) 

''Para se obter sabedoria, cada um tem que fazer um esforço independente, sério e próprio ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''Todo conhecimento é uma resposta a uma questão''. Gaston Bachelard 

''O universo requer equilíbrio - tudo tem o seu oposto ''. Anônimo

 ''A morte é o clube mais aberto do mundo ''. Otto Lara Resende

 ''É pela experiência de todos que quando o prazer e a dor alcançam uma certa intensidade eles se tornam indistinguíveis ''. Enoque Arnald Bennett 

''O mesmo fogo que forja o ferro faz o aço ''. Anônimo

 ''Um bom jardim deve ter algumas ervas daninhas ''. Thomas Fuller 

''A bondade individual e o mal individual têm ambos o poder de espalhar o bem ou o mal por todo o mundo ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''Não há gosto que não custe ''. Adágio Popular

 ''O malho que fere o ferro é o mesmo que dá o fio. As dificuldades nos aguçam a mente e fortalecem a alma ''. Claudio Alende

 ''O amor é um fogo. Mas se irá aquecer seu coração ou tocar fogo na sua casa, você nunca poderá dizer ''. Joan Crawford 

''Os jovens tem aspirações que nunca são alcançadas, os idosos têm lembranças que nunca aconteceram ''. Hector Hugh Munro 

''O fracasso é o condimento que dá gosto ao sucesso. Anônimo Quando todos estão errados, todos estão certos ''. La Chausée 

''Há ironia entre a realidade e o sentido que a observa: desse par, vem, ao mundo, a contradição ''. Afrânio Peixoto

 ''O homem é mortal por seus temores e imortal por seus desejos. Pitágoras As coisas grandes devem ser desequilibradas com as pequenas ''. Manoel de Barros

''Quanto mais alta a opinião que determinada pessoa tem de si mesma, mais instável será sua posição; quanto mais baixo ela caminhar em sua auto-estima, maior a firmeza com que há de pisar ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi 

''De médico e de louco, todos nós temos um pouco ''. Adágio Popular

 ''Os benefícios mal empregados se convertem em malefícios ''. Mariano José Pereira da Fonseca (Marquês de Maricá)

 ''Na maré alta os peixes comem formigas; na maré baixa as formigas comem os peixes ''. Provérbio Tailandês

 ''A vida é amarga e doce. Por isso não há outra forma de descrevê-la senão captando esses dois sabores ''. Jim Harrison 

''Quem nunca provou o que é amargo não sabe o que é doce ''. Provérbio Alemão 

''Uma pessoa pode ter uma infância triste e mesmo assim chegar a ser muito feliz na maturidade. Da mesma forma, pode nascer num berço de ouro e sentir-se enjaulada pelo resto da vida ''. Charles Chaplin

''Se nós não tivéssemos inverno, a primavera não seria tão agradável ''. Anne Bradstreet 

''Escorregar não é cair, mas meio caminho andado ''. Adágio Popular

''Deixa que a divindade se manifeste por teu intermédio e procura ouvir a voz silenciosa que te fala do fundo do coração por meio de tua consciência''. Anônimo

''Honra é a consciência externa e a consciência é a honra interna ''. Arthur Schopenhauer

''Caráter é o que você faz na sua terceira ou quarta tentativa ''. James A. Michener 

''O mínimo detalhe pode beneficiar o fortalecimento do caráter ''. 

''Nunca diga que os pequenos detalhes não são importantes; só uma pessoa da mais alta moralidade é capaz de perceber sua importância ''. Conde Leon Nikolaievitch Tolstoi

 ''As forças morais não são virtudes de catálogo, senão moralidade viva ''. José Inginieros 

''Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz ''. Platão

''O homem é o único animal que se ruboriza.Ou que tem razões para isso ''. Mark Twain (Samuel Langhorne Clemens Twain)

 ''O coração faz o caráter ''. José Maria Eça de Queiróz

''Uma consciência limpa é um contínuo deleite. Robert Burton Bom é aquele que bem procede ''. Adágio Popular

''Aja apenas de acordo com o princípio pelo qual você pode ao mesmo tempo querer que aquilo se torne uma lei universal ''. Immanuel Kant

 ''Caráter é simplesmente um hábito contínuo por muito tempo ''. Plutarco

 ''Aqueles que sacrificam sua consciência por ambição, queimam um quadro para ficar com as cinzas ''. Provérbio Chinês 

''Duas coisas me enchem a mente de maravilha e respeito crescentes...o céu estrelado no alto e a lei moral dentro de mim ''. Immanuel Kant 

''Honra e proveito não cabem no mesmo saco ''. Adágio Popular

''Não se comprometa.Você é tudo que você tem ''. Janis Joplin

''Quando a luta começa dentro de si mesmo, o homem vale alguma coisa ''. Robert Browning 

''Não violarei em mim próprio a dignidade da humanidade ''. Charles Robert Darwin 

''A utilidade da virtude é tão manifesta que os maus a praticam por interesse ''. Marques de Vauvenargues (Luc de Clapiers)

 ''Não se mudam os caracteres tão facilmente como as leis ''
. Aristóteles 

''Duas coisas me enchem a alma de crescente admiração e respeito, quanto mais intensa e freqüentemente o pensamento delas se ocupa: o céu estrelado sobre mim e a lei moral dentro de mim ''. Immanuel Kant 

''A verdadeira medida de um homem não é como ele se comporta em momentos de conforto e conveniência, mas como ele se mantém em tempos de controvérsia e desafio ''. Martin Luther King Jr.

 ''É melhor morrer tentando fazer o bem do que conservar-se vivo por praticar o mal ''. Lázaro Cárdenas

'' Com os olhos vemos o mundo, com as nossas ações o mundo nos vê ''. Eduardo Girão

Postagem em destaque

O pobre e o rico

Em tempos muito remotos, quando o bom Deus ainda andava pela terra entre os homens, certa tarde, após ter caminhado muito, sentiu-se can...